Custom Bg
Image

Glauciê Gleyds Nunes de Araujo



Trinta de abril do ano de dois mil e dezessete, data esta que ficará eternizada em nossas vidas, um marco, um avanço e somente conseguimos chegar até aqui, pois estamos cercados por fortes corações dispostos à fazer a diferença. Minha eterna gratidão e respeito, como bem disseram que a gratidão é a memória do coração, em meu coração vocês são destaque. Muito obrigada aos que acreditaram neste projeto, sonharam comigo, doaram seu precioso tempo: Obrigada Marluce Alcantra, pela arte gráfica produzida com tamanha excelência, Maria Julia pelo trabalho do nosso marketing que durante meses, diariamente alimentou nossas redes sociais com informações pertinentes ao nosso encontro, bem como injetou ânimo para continuarmos. Agradecemos aos nossos parceiros e amigos Vini Vitorino , com a doação de água que tanto fez diferença no evento e a Teresa Couri, com a doação do subsídio alimentício (as bananas que não consumidas foram destinadas no mesmo dia para o Asilo Lar de Otávio).

Agradecemos a equipe de capoeira e ao grupo de Tai Chi Chuan que compareceram ao convite do nosso mestre Anísio e do início ao fim do evento encantaram e contagiaram com a arte e alegria. Todas as imagens desse lindo dia estarão em nossas memórias, mas para as próximas gerações também poderão ter lindas imagens graças ao trabalho incansável do fotógrafo Serginho que aceitou fazer a cobertura do evento por amor. Nosso carinho a assistente social Marcia que fez a doação do som e prontamente se colocou à disposição para qualquer eventualidade. Nosso imenso carinho ao casal, Mixto quente e Panqueca , da Prohumanos, que encantaram nossa caminhada com muita palhaçada. Temos que agradecer o toque todo especial com lindos balões doados por nossa amiga e Alessandra Oliva, sempre envolvida na luta pela inclusão.

Uma entrega incondicional em serem braços fortes na realização deste evento foi observado por nossa equipe administrativa: Aparecida Anjos, Aparecida Soares, Daiane lima, Fernanda Duarte e Victor Bruno. Até o último minuto acreditaram que tudo daria certo, não desistiram, eles nunca desistem. Minha admiração aos terapeutas que constituem a Equipe Multidisciplinar Grupo Escolhas sempre envolvidos nos projetos e acreditam que será possível transformar o mundo através do amor. Nossa gratidão aos órgãos da prefeitura do Rio de Janeiro, em especial a Senhora Eliana Ovalle, Teresa e a Primeira Dama por toda mobilização, carinho e cuidado com o nosso projeto desde quando era apenas um sonho à sua realização. Aos funcionários da CET RIO, Região administrativa nosso singelo agradecimento e respeito pelo pronto atendimento, do início com um atendimento humanizado, atencioso, até a dispersão do último participante com zelo atenção.

Estendo a minha gratidão a todos envolvidos, as famílias que confiam em nosso trabalho, aos que nos sustentam em oração e ao Pai Eterno pois até aqui Ele nos ajudou! Que o Eterno nos capacite em alcançar passos mais largos em direção a bandeira levantada e que a conscientização seja sempre, nosso maior motivo em continuar. Nossa caminhada é por mais informação, que a sociedade conheça o verdadeiro autismo. Um autismo velado em muitas famílias pelo receio do preconceito, um autismo que não se revela padronizado como os livros conceituam. Nossa caminhada é um pedido por mais informações na saúde básica, mais capacitação aos profissionais de saúde. Muitos profissionais não conseguem identificar os sinais do TEA. Um diagnóstico tardio impossibilita o desenvolvimento de habilidades importantes na primeira infância. Um diagnóstico precoce é possível com uma equipe multidisciplinar capacitada. Caminhamos por mais centros de desenvolvimento com atividades direcionadas e supervisionadas para resultados eficientes. É possível capacitar professores e mediadores para uma intervenção no processo ensino aprendizado de qualidade. Nossa caminhada é por cada família de autistas adultos que não encontram atividades direcionadas, capacitação específica para essas pessoas capazes de aprender, desenvolver-se como qualquer outra pessoa, mas por estratégias diferenciadas. Nossa caminhada iniciou e não pode parar, pedimos seu apoio para que vidas sejam alcançadas e histórias transformadas. Eu não acredito em uma inclusão de massa, mas em práticas inclusivas como essa, que poderão fazer a diferença.

Em Junho faremos nosso primeiro circuito Ecológico Inclusivo. Será o Entre Amigos!